Trechos...parte 3


















(...)
Falta-me agora o amor, esse perfeito artista decorador dos momentos em ninho. Ou esse grande explosivo que de um beijo faz nascer um oceano. Não importa. Guia-me-á na morte a poesia, como ao florentino guiou nos caminhos do Inferno e nas escarpas do Céu. (...)
Onde estou? Que lugar é este onde cheguei? que tarde quieta e única é esta, dourada no céu e verde no mar? Estamos chegando. Passo a passo, com extrema fadiga, aproximo-me da beira do abismo. Estou só. O mundo ficou para trás. O vento trouxe ainda pedaços do mundo, notícias soltas e rasgadas que dançam no ar... (...) Dizem que há uma guerra; que há incêndios; que moços caem como folhas; que ministérios se reúnem; que exércitos recuam. Há produtos farmacêuticos que anunciam a felicidade. Há sorrisos de aluguel impressos nos cartazes do mundo.


Trechos do livro Lições de Abismo do escritor Gustavo Corção
Postar um comentário

Canção amiga

Eu preparo uma canção em que minha mãe se reconheça, todas as mães se reconheçam, e que fale como dois olhos...