O Pinguço


















Naquele bar todos bebiam todos os dias
cachaça quente, cachaça fria
para esquecer as tristezas
para dar coragem a covardia
para abrir o apetite.
Um arder, um sorriso,
cachaça vitamina, cachaça feliz,
cachaça companheira, cachaça remédio,
cachaça destruidora, cachaça consoladora;
uns bebem como um costume
uns bebem como cerimônia
uns bebem como existência.
Ah! dose de cachaça
como tu dominas tuas garrafas.


Henrique Rodrigues Soares - Relicário das Dores
Imagem da Internet
Postar um comentário

Sonho

Qualquer coisa de obscuro permanece No centro do meu ser. Se me conheço, É até onde, por fim mal, tropeço ...