Se eu pudesse


















Ah! Se eu pudesse
acariciar teu rosto
num silêncio absorto
num perder de consciência


Ah! Se eu pudesse
penetrar dentro dos teus olhos
Vê teus horizontes
dominar teus desejos


Ah! Se eu pudesse
beijar tua boca
escondido dos olhos alheios
E numa bruma suave
congelar teus seios


Ah! Se eu pudesse
Ah! Se eu pudesse
controlar meus anseios
colocando uns arreios
para os acalmar


Ah! Se eu pudesse
Se eu pudesse
Arrancaria teus olhos
e tornaria meus diamantes.


Henrique Rodrigues Soares - Romaria Lírica
Postar um comentário

Satélite

Fim de tarde. No céu plúmbeo A Lua baça Paira Muito cosmograficamente Satélite. Desmetaforizada, Desmitificada, Despojada do ...