A dominação



















Não sei chorar
A obscuridão do medo me tortura
As lágrimas me faltam
não tenho como fugir
toda hora vejo o replay do que passou


Olhares estremecidos... Olhos que estremecem
Tudo gravado nas minhas retinas
Este filme tem me assustado todos os dias
Mas nunca como hoje


Uma matéria morta pode matar
Uma viva pode morrer em instantes.


Henrique Rodrigues Soares - Romaria Lírica
Postar um comentário

Apelo

Porque não vens agora, que te quero E adias esta urgência? Prometes-me o futuro e eu desespero O futuro é o d...