EU TO FALANDO DE AMIZADE


Irmandade é questão de escolha
pra quem a gente oferece
uma espécie de medalha
que prova que família
não se restringe
à relação sanguínea

É a gente quem decide quem fica
no lugar mais alto do pódio
e aqui o único vício
é a suspeita do crime perfeito
que nos define
essa poesia de dizer com os olhos

E o entendimento mútuo
de cada detalhe
sem a necessidade
de proferir qualquer palavra

Combustível pra alcançar o impossível
Meu pronto socorro antes da sirene de qualquer alarde
A melhor viagem é a gente em turma falando merda
Te guardo no peito e conto nos dedos para além dos anelares

Nosso enlace advém da alma
e para além dos lares, creia
eu tô falando de amizade


Alan Salgueiro
Postar um comentário

Diz Mal do Amor que o Feriu Inesperadamente

Era o dia em que o sol escurecia Os raios por piedade ao seu Fator, Quando eu me vi submisso ao vivo ardor De teu...