Praia















Na luz oscilam os múltiplos navios
Caminho ao longo dos oceanos frios
As ondas desenrolam os seus braços
E brancos tombam de bruços
A praia é lisa e longa sobre o vento
Saturada de espaços e maresia
E para trás fica o murmúrio
Das ondas enroladas como búzios.


Sophia de Mello Breyner Andresen
Postar um comentário

Visita

O poeta esteve aqui Disse-me que viu sorrir Meus olhos em suas mãos... Como mente este poeta Com sua...