Devoro a vida
cravo os dentes no Tempo
o relógio escorre as horas mordidas

A vida me devora
cada instante é outro
sangra o que é breve

Outra é a fome de viver
que nasce da perene certeza de morrer


Carlos Orfeu
Postar um comentário

Canção amiga

Eu preparo uma canção em que minha mãe se reconheça, todas as mães se reconheçam, e que fale como dois olhos...