Pensamentos
























Toda carne é impura
se todo desejo for impuro.
Pois toda carne deseja o que não lhe pertence.
Toda carne quer dominar, quer possuir...
As flores respiram no jardim
o ar impuro dos corpos
que se enganam, se estrupam,
dizendo está se amando,
porém, tudo é desejo...
apenas desejo.


Desejo é como o vento.
Vem...se achega como uma brisa
depois vira furacão e passa violentamente
deixando os vestígios de sua erosão.



Henrique Rodrigues Soares - Sociedade dos Eremitas
Postar um comentário

Satélite

Fim de tarde. No céu plúmbeo A Lua baça Paira Muito cosmograficamente Satélite. Desmetaforizada, Desmitificada, Despojada do ...