Pensamentos extraídos


Os que aceitam o dever sem aceitar a aventura nele entranhada haverão de levar existências pálidas, vitimas da rotina. E os que julgam ser a aventura a porta da evasão que os sonega ao dever também estão antecipadamente condenados - e, após a fuga e a exaltação, a febre e o gasto, encontrarão o desencontro.


Ledo Ivo
Postar um comentário

Visita

O poeta esteve aqui Disse-me que viu sorrir Meus olhos em suas mãos... Como mente este poeta Com sua...