Resposta

















Sabe o poeta
que ela não queria
fazer-se verso
morrer-se verso?

O que diria o poeta
se ela lhe saltasse do papel
materializasse em vida
em carne, com sorrisos
e olhos de insuportável verdade
e uma fome que lhe devorasse
o papel
a caneta
as palavras
e mastigasse a poesia

Sabe o poeta
que desnuda
e desvela a alma
dessa pobre mulher
que jamais jamais
desejou fazer-se verso?

Gosta mesmo o poeta é da fantasia


Geise Gomes
Postar um comentário

Coqueiral

A saudade é um batimento que rebenta assim vinte e oito vezes desde meu ombro tatuado de desastre até à rosa pendur...