A manhã cinza tece o silêncio
árvores cortejam o pensamento
enquanto lentamente caminhamos

entre as estátuas frias
molhadas de ausências

e o tudo que deveríamos ter dito
lateja e se transforma num afago
vagaroso e doloroso

caído como uma folha no rosto do homem
que tine um sol no riso na paz de cada flor


Carlos Orfeu
Postar um comentário

A instabilidade das cousas do mundo

Nasce o sol e não dura mais que um dia. Depois da luz, se segue a noite escura, Em tristes somb...