Tantos














Multidões com meu rosto
Com meus olhos
Com meus gestos e corpo

Perambulam na orgânica metrópole
Onde em cada desértico rosto
Me desconheço

Tantos infinitos que carrego
Tantos que me esqueço


Carlos Orfeu
Postar um comentário

A instabilidade das cousas do mundo

Nasce o sol e não dura mais que um dia. Depois da luz, se segue a noite escura, Em tristes somb...