Meu Pensar






















Eu penso demais
corro demais, desejo demais...
Queria serenar meus passos
protelar os séculos
para que os dias
não fossem tão apressados
feito uma flecha
daquelas atiradas contra o vento.
Sem alvo certo
sem rumos, sem miras...
Eu penso demais
amo demais, erro demais
e mais difícil seria essa vida
se não fosse toda a poesia
o teu sorriso, teu olhar
e as nossas fantasias...


Reggina Moon
Postar um comentário

Fábula de Arquiteto

A arquitetura como construir portas, de abrir; ou como construir o aberto; construir, não como ilhar e prender, nem ...