Sou da cor da Noite
couraça
luta
asa
palavra

Escrevo nas pedras
sangue, pele, ossos
aos meus irmãos e irmãs

Ainda sinto os algozes dos Séculos
nas cicatrizes da alma

Fortaleço-me Trovão
orgulhosamente Negro


Carlos Orfeu
Postar um comentário

A instabilidade das cousas do mundo

Nasce o sol e não dura mais que um dia. Depois da luz, se segue a noite escura, Em tristes somb...