Oferenda





















silêncio amor
deixa que tudo tem seu encaixe
do que é vivo e vibra


revolvi a música
nesse pedaço de inocência
papel alado em branco
o perfume da essência


miragens amor
paisagens, versos, sonetos
na pele do desejo


Luiza Maciel Nogueira
Postar um comentário

Horizontes

Pai não adianta as botas Se tiraste minhas pernas Num mundo de cotas Transformo-me em percentual Meus sonhos...