Em tuas mãos

















A cada momento me vejo mais teu
Meu mundo se firmou no seu
Viajo até estrelas quando estou ao seu lado
Perco medo do perigo, meu coração fica alado.


Você é um oásis de minha inspiração
Sincronia perfeita entre melodia e canção
É um sonho que não quero dele acordar
Tornou-se dona de mim, transformou-se meu ar.


Fez de minha vida plena primavera
Em meu jardim é a flor mais bela
Teu perfume é um balsamo de amor.


Meus olhos reluzem a luz que sai dos teus
Meu corpo aquece do calor que vem do seu
Minha vida está em tuas mãos agora.


Ataíde Lemos
Postar um comentário

Fábula de Arquiteto

A arquitetura como construir portas, de abrir; ou como construir o aberto; construir, não como ilhar e prender, nem ...