Noturno



























Ah!... a saudade que vou sentindo, é mágica.
É uma fresta enfeitiçada, seja na noite
pelas estrelas luzentes, brilho e beleza,
de dia,raio de Sol dourando o céu de realeza!


Ah, um Fascínio Romanesco, por este céu,
banquete da Noite, vestindo meus Sonhos
de Noturnos, bendizendo, teus Sonhos
com pompas, sinfonias de estrelas com véus!


Tanta veemência, tanto Amor, posso eu ter!
Vais desenhando todo céu , deixando rastros,
que envolvem de esperanças os Sonhos...


Sonhos que inebriam, meigos Noturnos,
sedução e lume que exalam pela noite
ao brilho do Luar que nos enfeitiça na noite!


Efigênia Coutinho
Postar um comentário

Sonho

Qualquer coisa de obscuro permanece No centro do meu ser. Se me conheço, É até onde, por fim mal, tropeço ...