Oração


























Dá-me a alegria
Do poema de cada dia.
E que ao longo do caminho
Às almas eu distribua
Minha porção de poesia
Sem que ela diminua...
Poesia tanta e tão minha
Que por uma eucaristia
Poesia eu fazê-la sua
"Eis minha carne e meu sangue!"
A minha carne e meu sangue
Em toda a ardente impureza
Deste humano coração...
Mas, ó Coração Divino,
Deixai-me dar de meu vinho,
Deixai-me dar de meu pão!
Que mal faz uma canção?
Basta que tenha beleza...


Mario Quintana


 7 Anos de Existência - Nossa Poesia de Cada Dia
Nascido no dia 15/03/2009, já são 1843 publicações com esta poesia, temos 82 amigos seguidores e fomos visitados 130.121 vezes.

Obrigado à todos que sempre dão uma passadinha por aqui. Fiquem à vontade e meu muito Obrigado!


Henrique Rodrigues Soares
Postar um comentário

Crer

Creio em mim. Creio em ti. Deus, onde mora? Na vontade de crer que me consente humano e ardente. No meu repouso em ti, qu...