em outro rosto
espelho carnal
perco-me
na medida líquida do olhar
avessos contraem-se
contrários colidem-se
desconheço-me!

Carlos Orfeu
Postar um comentário