TRAPÉZIO















Ai
De novo
O sonho recorrente:
Sou trapezista
Lanço-me ao vazio
Em triplo salto mortal
Sem rede
Em meio à vertigem
Ante o abismo
Cismo
Choro
Me arrepio
E...
Acordo
(Infelizmente:
Parece que aquilo
Não é mais difícil do que isto)

Zélia Guardiano
Postar um comentário