que agonia de sina
essa de dormir pela metade

de sono intercalado de espanto
rasgado de tempo
cansado de descanso

de sono entrecortado de assombros
espelhos do ontem de mim

de sono invadido por películas de
r
e
a
l
i
d
a
d
e
________ que escorrem
encharcando meu leito
e afogando meu sonho.


Wanda Monteiro
Postar um comentário

Canto III

O dorso que se curva elegante desenha na memória a leve dança da bailarina grácil, celebrant...