às vezes
o tempo me toma de assalto
parte-me ao meio
deixa-me fronteiriça

olhos no passado
olhos no futuro
no ínfimo instante do espanto

o
presente
carregado
. de

i
m
P
o
s
s
i
b
i
l
i
d
a
d
e
s

Wanda Monteiro
Postar um comentário