Bem-me-quer

















Neste verso eu te respondo,
Nos limites que persistem...
Eu te quero além do tempo!
Neste simples poder ser,
Reconheço eu nada ter...


Sem querer-te como dona,
Apenas livres almas somos...
Eu te quero em meu poema!
Onde posso ter-te ao lado,
Não importa que não ouças...


Na distância de teus braços,
Meu caminho eu continuo...
Eu te quero nos meus sonhos!
Nossas vidas vão passando,
Desfolhando bem-me-quer!


Reggina Moon
Postar um comentário

Soneto XX

Tens a face de mulher pintada pelas mãos da Natureza, Senhor e dona de minha paixão; O coração gentil de mulher, mas ave...