Flores

















Flores que colho, ou deixo,
Vosso destino é o mesmo.


Via que sigo, chegas
Não sei aonde eu chego.


Nada somos que valha,
Somo-lo mais que em vão.


Ricardo Reis
Postar um comentário

Apelo

Porque não vens agora, que te quero E adias esta urgência? Prometes-me o futuro e eu desespero O futuro é o d...