Flamengo
















Nasceste em disputas populares de regatas.
Das senhorinhas aos rapazolas de gravatas.
Do imbróglio tricolor ficaste com o antigo vencedor
Que no primeiro Fla-Flu foi perdedor


Uma dolorida derrota para um destino lutador.
Tens a cara do povo que te aceitou
Que tua história de vitórias abraçou
Sendo eles teu patrimônio e esplendor.


Entre outras épocas representavas contra Portugal o nacional
Hoje todos brasileiros que não são teus te entendem como rival.
Com teu vôo alcançaste tuas fronteiras de paixão
No território nacional, dentro do Brasil, uma nação


Com suas bandeiras e suas fileiras,
Com sua multidão e seu canto,
Com sua raça e seu manto,
Com toda diversidade brasileira.


Henrique Rodrigues Soares – Canibais Urbanos

Homenagem aos amigos rubro-negros – 15/11/2016.
Postar um comentário

Diz Mal do Amor que o Feriu Inesperadamente

Era o dia em que o sol escurecia Os raios por piedade ao seu Fator, Quando eu me vi submisso ao vivo ardor De teu...