Últimos Instantes



















Aquele menino mimado
Absolutista de poder ilimitado
Que já deu ordens até aprisionado
Agora, agora está indo embora


Que na escola notas vermelhas
Que na vida tudo se assemelha
Que ao perigo se aparelha
A predileção por esta cor


Para tudo correu riscos
Do errado formou seu aprisco
Escreveu rápido como rabiscos
Sua vida estranha de condor


No seu covil equivocado
Livre ou tão cercado
De pessoas, de motivos ou pecados
Agora, agora vai indo embora


Corre... corre... foi baleado
Por tudo isso, aquilo e um bocado
O Estado havia lhe condecorado
E agora... ele foi embora
Foi embora.



Henrique Rodrigues Soares – Canibais Urbanos


Postar um comentário

Quando o Sol encoberto vai mostrando

Quando o Sol encoberto vai mostrando Ao mundo a luz quieta e duvidosa Ao longo de úa praia deleitosa, Vo...