Namorados



















Com sorrisos desarmados
As janelas são abertas
Pequeninos olhos encantados
O brilho do sol nos desperta



Mãos intimas apaixonadas
E segredos divididos
Almas aceleradas
Com passos decididos



Beijos açucarados
Sonhos conhecidos
Destinos entrelaçados
Por caminhos comprometidos



Henrique Rodrigues Soares – O que é a Verdade?

Postar um comentário

Fábula de Arquiteto

A arquitetura como construir portas, de abrir; ou como construir o aberto; construir, não como ilhar e prender, nem ...