Fragmentos urbanos






















Vendo teu corpo humana escultura
Que absorve minha atenção
Ouvindo o trash do sepultura
Que acelera meu coração


Tudo neste mundo é meio louco
Não há sentido nas palavras proferidas
Tudo que para alguns é muito
Para outros é tão pouco


As balas perdidas que dizem perdidas
Como os sonhos do alvejado
Números frios das estatísticas
Para ações de frios advogados.

Henrique Rodrigues Soares


Postar um comentário

A instabilidade das cousas do mundo

Nasce o sol e não dura mais que um dia. Depois da luz, se segue a noite escura, Em tristes somb...