Cartilha

Pintura Igor Medvedev - Site Open ArtGroup





















Em meus temerosos passos
Persigo o que não sei se quero
Os desejos que abraço
São caminhos indecisos


Lutando contra a maré que sobe
Aprisionado pelo ensino que aprendi
Cansado, o mar gigante me encobre.
E aceito, pelo que ainda não me decidi.


Preconceitos e pecados contaminam o intimo
Em que ter olhos em terra de cegos
Não te faz guia dentro do limo
Não acalma a tempestade dos egos.


Henrique Rodrigues Soares –

24/06/2011.
Postar um comentário

Fábula de Arquiteto

A arquitetura como construir portas, de abrir; ou como construir o aberto; construir, não como ilhar e prender, nem ...