a história me toma de assalto
o tempo me parte ao meio

deixa-me fronteiriça

olhos no passado
olhos no futuro

no ínfimo instante do espanto
o
presente
carregado
de
impossibilidades


Wanda Monteiro
Postar um comentário

Visita

O poeta esteve aqui Disse-me que viu sorrir Meus olhos em suas mãos... Como mente este poeta Com sua...