PERDA















Perda dói
como qualquer outra dor
sem remédio ou alarde.
Sentimento de roupa esfregada,
torcida e batida
três vezes no tanque.


Maria Helena Latini, Roteiros de Vida, 1991 e reeditado em Múltiplo Um, com lançamento em outubro de 2016.
Postar um comentário

A instabilidade das cousas do mundo

Nasce o sol e não dura mais que um dia. Depois da luz, se segue a noite escura, Em tristes somb...