Inocência





















O veredicto ?
Sou essa mulher que no quarto as escuras
deixa provas da mais pura inocência
que ela tanto desejou.
E como sempre acontece, envolveu-me toda a alma
e eu não não renunciei a nada.
Foi este momento que escolhi para roubar-lhe a calma .



Cibele Camargo
Postar um comentário

O canto de um bardo

Sem sabor Mastigo o meu intimo Nestes dias escuros Sem escolhas Como um pobre arrimo Para fora dos muros...