Contabilidade





















Viver é perder a vida.
Mais estou vivo e mais perco.
Na minha vida perdida
quanto mais ganho mais devo.


Quanto mais estou vivendo
mais cresce o meu não-viver.
À sombra do que estou sendo
mais vou deixando de ser.


Cada vez sou menos mais
e sou mais menos na conta
de somar que me subtrai.


Morrer é perder a morte?
No recorte das montanhas
o crespúsculo desponta.


Lêdo Ivo
Postar um comentário

O canto de um bardo

Sem sabor Mastigo o meu intimo Nestes dias escuros Sem escolhas Como um pobre arrimo Para fora dos muros...