Ao meu leitor

















Boas maxilas, bom estômago,
Eis o que te desejo.
Depois de teres digerido o meu livro
Hás de entender-te certamente comigo.


Frederico Nietzsche - Livro Gaia Ciência
Imagem da Internet
Postar um comentário

Diz Mal do Amor que o Feriu Inesperadamente

Era o dia em que o sol escurecia Os raios por piedade ao seu Fator, Quando eu me vi submisso ao vivo ardor De teu...