QUEM PODERÁ ME DEFENDER?


Meu herói preferido
quer salvar os oprimidos
mas mal sabe amarrar
os próprios cadarços

Meu herói preferido
sente medo e é nanico
Luta contra os inimigos
com uma marreta de plástico

Meu herói preferido é atrapalhado
mas se mostra tão humano em sua conduta
Movimentos friamente calculados
ninguém pode imaginar a sua astúcia

É ágil como a tartaruga
Forte com um rato
Uniforme rubro
Todo colorado

Alguns se aproveitam da sua nobreza
mas aprendi com ele que a força bruta
jamais vai superar a nossa inteligência

De antenas ligadas, polegar destemido
suspeitei desde o princípio
que os bons vão estar vivos
mesmo se o corpo perecer

E quando evocarem aquele grito
vou te ver na TV que eu sempre ligo
e todos vão estar bem protegidos
eu sei quem poderá me defender


Alan Salgueiro


Postar um comentário

Marinha

Teu corpo é mar com frêmitos frescos de ondas e fosforescência de espumas. Teu corpo é profundidade equórea, fil...