Entrega





















Desintegro-me desarvorada
entre escapes dos teus versos
extraídos de odes,
surgidos do amor


Ungida sou
com o bálsamo da tentação
que me desfolha,
desatando ao ocaso
meu destino inconfessado


Assim prescrevo poemas,
enfeito saudades incandescidas
com inconstâncias e entraves,
dimensões de minhas fantasias,
anéis de imaginações


Ouço tuas vontades
expostas na língua dos anjos
feito constelações de murmúrios
num resto de palavras distorcidas


Conceição Bentes
Postar um comentário

Canção amiga

Eu preparo uma canção em que minha mãe se reconheça, todas as mães se reconheçam, e que fale como dois olhos...