Rotas Perdidas





















Perdemos nossos caminhos
invadidos pelo silêncio
impenetrável da vida


Corremos pelas veredas
esquecidos das fronteiras
que delimitam rotas
tornado-nos reféns
de amores impossíveis


Fico com a correnteza do mundo
que deságua transparente
dentro do meu céu escarlate,
eternizando desejos
em trilhar novos caminhos
mesmo que incertos,
mas nunca inacabados.


Conceição Bentes
Postar um comentário

A instabilidade das cousas do mundo

Nasce o sol e não dura mais que um dia. Depois da luz, se segue a noite escura, Em tristes somb...